Enter – e fique à vontade

Antes e Depois das Redes Sociais

Posted on: agosto 28, 2009

Pesquisa divulgada essa semana pela Universal McCann, colocou o Brasil como o quarto maior em adoção dos serviços de relacionamento.

O perfil do brasileiro, que em geral é aberto a novos relacionamentos e adora expor seus momentos especiais para amigos e conhecidos, explica o resultado.

Se analisarmos as redes sociais, veremos que são ferramentas fantásticas que facilitaram o que as pessoas faziam antes, porém com uma dificuldade maior, freqüência menor e não conseguiam contar tudo que gostariam.

O brasileiro sempre gostou de reunir com amigos em clubes, bares, “happy hours”, baladas, em casa e sempre encontrava motivos para tanto ou fazia mesmo sem motivo.

Também sempre gostou de divulgar para todos, os momentos pessoais importantes, como casamento, nascimento de filho, batizado de um sobrinho ou nem tão relevantes, como um passeio ao clube, ida ao jogo de futebol do time do coração, balada com amigos, encontro na casa da vovó, entre muitos outros.

A seguir, alguns exemplos de como as coisas aconteciam antes e como são hoje, com as fantásticas redes:

Antes: Quando alguém casava, após a chegada da lua de mel, convidava todos os amigos, normalmente um casal por semana, para conhecerem a casa e para que pudessem ver as fotos do casório e da lua de mel.

Hoje: Os amigos já estão cansados de ver a nova casa através das fotos que os noivos tiraram desde o primeiro móvel que compraram. Todas estão no Orkut. As fotos do casamento também estão em um álbum especial na mesma rede social e conforme o novo casal conhece lugares na lua de mel, também coloca para os amigos, as fotos no Flickr e alguns vídeos no YouTube.

Antes: No nascimento de um filho, as pessoas ligavam para contar a novidade para todos os amigos, os mais próximos iam à maternidade e os demais visitavam após, aproximadamente, o terceiro mês de vida do bebê.

Hoje: No momento do nascimento, o papai tira foto do bebê, insere no blog e twitta com o link para que todos os seus amigos vejam.. Ao chegar em casa, os pais colocam para os amigos mais próximos, o bebê na webcam .

Antes: Quando alguém encontrava um amigo que há tempos não via, contava das últimas baladas e muitas vezes, omitia alguns detalhes.

Hoje: Até aquele amigo que aparece só uma vez por ano, está atualizado de todas as baladas, bebedeiras e afins que estão, ou no próprio álbum do boêmio, ou então nos álbuns daqueles amigos que adoram entregar os outros.

Antes: Quando alguém perdia o emprego, ligava para a família e amigos mais próximos e tentava marcar alguns encontros para contar o que aconteceu e entregar currículos.

Hoje: A primeira coisa que a pessoa faz é atualizar seu perfil no Linkedin e em seguida posta no Twitter as características do seu perfil profissional. Para os amigos mais próximos, acaba enviando o cv por e-mail.

Enfim, as redes sociais nasceram para contribuir com as pessoas e, certamente, com empresas que estão atentas ao momento comportamental que cada um está ao postar uma nova foto, vídeo, comentário, mensagem, e tudo mais que está disponível no admirável mundo novo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

"Podemos morar no mesmo número daquela rua, mas nunca é o mesmo homem que mora lá." Henry Ford

Twitter

Posts no Calendário

agosto 2009
S T Q Q S S D
« jul   set »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
INTELIGEMCIA
%d blogueiros gostam disto: